Paraenses são finalistas do prêmio ‘Escola Voluntária’

24 de novembro, 2014 – 21h22 – Pará

É a primeira vez que uma escola do Norte do Brasil é selecionado dentre os finalistas.

Por: Da Assessoria

É nas ondas da Rádio Educativa de Bragança, que os programas preparados por alunos de escolas de toda a região são veiculados. São os alunos repórteres que, sob o comando do professor Roberto Amorim, do Núcleo de Tecnologia Aplicada à Educação (NTE), da Secretaria de Estado de Educação, apresentam notícias de toda a região bragantina.

Nesta terça- feira, dia 25, um grupo deles, vinculados à Escola Estadual Rio Caeté, participam da cerimônia de anúncio dos vencedores do Prêmio Escola Voluntária, da Rede Bandeirantes e Fundação Itaú Social, parceira do Pacto pela Educação do Pará.

Os alunos da “Rio Caeté”, de Bragança, e representantes de outras nove escolas de estados como Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo, concorrem e, depois de uma preparação de mais de dois meses, chegam ao momento de consagração. Acompanhados pelo coordenador do projeto, professor Roberto Amorim, os alunos se reúnem a partir das 19h, desta terça feira, 25, no Centro Cultural Itaú, na Avenida Paulista, em São Paulo.

É a primeira vez que uma escola do Norte do Brasil é selecionado dentre os finalistas. O talento reconhecido vem associado ao “uso da tecnologia na Educação que é uma das vertentes do Pacto pela Educação do Pará e o grupo inovador e talentoso de Bragança demonstra total sintonia com esse momento de transformação do cenário pedagógico do Estado,” comemora o Secretário de Estado de Educação, José Seixas Lourenço.

Com alcance dentro e fora da “Rio Caeté” e trabalho voluntário voltado para a comunidade escolar de vários municípios da região bragantina, o “Aluno Repórter” serviu de inspiração para outro projeto desenvolvido em parceria pelas as Secretarias Estaduais de Educação e Comunicação. O Rádio Escola já capacitou cerca de 200 estudantes da região metropolitana Belém. Eles aprendem a produzir conteúdos e executar procedimentos em emissoras dentro das escolas. Com a experiência do Núcleo Tecnologia Educacional – Belém (NTE), da Seduc, e do projeto Bizuu, da Secom, mais e mais escolas passaram e passarão a trabalhar nos moldes do Aluno Repórter de Bragança.

“As atividades extracurriculares estão entre os itens da vida escolar que dão visibilidade a alunos e professores em universos aos quais, muitas das vezes, não imaginam chegar,” afirma o Secretário de Estado de Educação, José Seixas Lourenço. E acrescenta, “Prêmios nacionais e competições as mais variadas estão entre algumas das mais recentes formas de reconhecimento do mérito acadêmico alcançadas entre membros da comunidade escolar da rede pública de ensino do Pará”.

Serviço: Prêmio Escola Voluntária, nesta terça-feira, dia 25, às 19 horas, no Centro Cultural Itaú, Avenida Paulista, São Paulo. Realização Rede Bandeirantes e Fundação Itaú Social.

Acesse o link, aqui.

Fonte: Portal ORM, 24 de novembro de 2014


Logo_BID Logo_ItauBBA Logo_Natura


Site desenvolvido pela Diretoria de Comunicação Institucional da Secretaria de Estado de Comunicação - Governo do Pará.