Pará tem US$ 360 milhões para educação

Até 2017 o Pará pretende aumentar em 30% sua avaliação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), indicador criado pelo Governo Federal para medir a qualidade do ensino nas escolas públicas. Para deixar as últimas colocações no Ideb, o Governo do Estado planeja investir US$ 360 milhões para melhorar a infraestrutura das escolas, o desempenho dos alunos e a gestão escolar. A estratégia, chamada de Pacto pela Educação do Pará, foi lançada em fevereiro deste ano e reúne, além de governo estadual,  prefeituras, iniciativa privada, sociedade civil organizada e organismos internacionais como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que financia a maior parte dos investimentos.

“Do ponto de vista econômico, o cenário estadual é de expansão, com grandes investimentos nas áreas de mineração, energia, agricultura e pecuária. Nosso  grande problema é a educação, que não tem condições de acompanhar esse cenário econômico de desenvolvimento, com as empresas precisando importar mão de obra qualificada” , contextualiza o atual secretário de Estado de Educação, José Seixas Lourenço, sobre a necessidade e urgência de implantação do pacto. Lourenço assumiu a Seduc em janeiro deste ano, justamente no momento de colocar o planejamento estratégico em prática. As negociações com o BID – que empresta US$ 210 milhões ao pacto – começaram em 2011, ainda no primeiro ano do governo de Simão Jatene, de lá pra cá, a Seduc trocou duas vezes de secretário.

Fonte: O Liberal, 22 de Junho de 2014


Logo_BID Logo_ItauBBA Logo_Natura


Site desenvolvido pela Diretoria de Comunicação Institucional da Secretaria de Estado de Comunicação - Governo do Pará.